ITAPETINGA: SEM CONSEGUIR APROVAR O “CÓDIGO DA MALDADE” O PREFEITO RODRIGO HAGGE E O PRESIDENTE DA CÂMARA TARUGÃO SOFREM MAIS UMA DERROTA

A população de Itapetinga-Sudoeste da Bahia, sai vitoriosa e já pode respirar mais aliviada, pelo menos nos últimos dias que faltam para terminar o ano 2018. É que o Código Tributário Municipal, encaminhado pelo prefeito Rodrigo Hagge (MDB) e pautado pelo presidente da câmara, Eliomar barreira (Tarugão)-MDB, não será mais votado neste ano. O Código iria aumentar vários impostos e taxas no município, inclusive quando o projeto foi pautado pela primeira vez na Casa Legislativa, os vereadores da bancada do prefeito votaram sem ler.

O vereadores Romildo Teixeira (PSL) e Valdeir Chagas (PDT) tiveram que ingressar com um mandato de segurança para barrar o “CÓDIGO DA MALDADE”. Ainda sub júdice o Prefeito continuou insistindo na aprovação do projeto.

Na sessão ordinária desta quinta-feira (13), o projeto de lei Nº 017/2018, foi barrado e não será votado, graças a bancada de oposição, composta pelos vereadores, Valdeir Chagas, Romildo Teixeira, Márcio Piu, Gilmar Piritiba, Valquírio Lima e Diga Diga. “Quero dizer que nós vencemos a batalha, o “pacote da maldade” do prefeito foi derrotado na última sessão da câmara, a população pode ficar tranquila, o projeto nº 017 foi arquivado”, disse o edil Romildo Teixeira.

Por Wagner Ribeiro

One thought on “ITAPETINGA: SEM CONSEGUIR APROVAR O “CÓDIGO DA MALDADE” O PREFEITO RODRIGO HAGGE E O PRESIDENTE DA CÂMARA TARUGÃO SOFREM MAIS UMA DERROTA”

  1. Só pessoas ingênuas para não sacar que o código tributário não daria tempo para por em votação na câmara de vereadores, quando chegou no mês de dezembro eu mesma já tinha contado essa pedra pois iria entrar o recesso do legislativo, no mês de dezembro são realizadas poucas sessões, e se precisava ainda de 6sessões para discussões do código e não conseguiram nem a primeira pois todas as vezes que colocava para a primeira discussão vereador contrário ao código pedia vista foram seis tentativas e todas as seis um vereador pedia vista, 6vereadores contra o código 6pedidos de vista, então qualquer pessoa de fora já sacava que não seria mais para esse ano, quanto mais os vereadores , no caso os vereadores favor ao código já sabia que estava caminhando para isso acontecer.Acho que até eles estão aliviados por não ter ocorrido, e não foi encerrado os trabalhos muito cedo não? na minha opinião daria para ter mais duas sessões nos dias 19 e 20 aí poderia ter a entrega dos títulos itapetiguense, será que não quiseram mesmo encerrar logo para justamente não ficar arrastando essa ladainha do código, uma vez que foi posto para votação a LOA e uma vez posta para apreciação dos vereadores encerra os trabalhos na casa legislativa no ano de 2018.Acho que tudo foi armado também pela bancada da situação, então os vereadores de oposição estão contando vitoria pelo simples fato de estarem contrário ao código tributário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.