ITAPETINGA: EM SESSÃO RELÂMPAGO VICE-PRESIDENTE ANDERSON DA NOVA PAUTA REAJUSTE DE SALÁRIO DOS VEREADORES

Vereadores aproveitam ausência de Valquirão e reajusta os próprios salários com direito a férias

Os vereadores da  Câmara Municipal de Itapetinga aprovaram nesta quinta-feira (26), o reajuste dos próprios salários em uma votação extremamente rápida e sem debate.

Todos os trâmites foram  realizados sem a presença do presidente da casa Valquírio Lima (PSD), que está em viagem na capital do estado. De acordo com a legislação, compete ao gestor público, no caso, Valquirão emitir projeto de lei de reajuste de salários e subsídios dos servidores do legislativo ao plenário da Câmara.

O vice- presidente Anderson da Nova (UB) atropelou o regimento interno, pois o presidente Valquírio não transferiu o poder em ata para o vice-presidente administrar as finanças do Legislativo em sua ausência, e muito menos autorizou qualquer reajuste de salários dos vereadores e servidores efetivos.

O que levou o vice-presidente Anderson, tomar a decisão  de pautar o projeto de Lei nº 009/2022 de Revisão de subsídios e salários da Câmara de Itapetinga que dá direito ao reajuste dos salários dos vereadores em 12,5% e mais férias, sem respeitar qualquer regra interna estabelecida no Regimento Interno. Esse questionamento só pode ser esclarecido pelo edil.

O fala Livre tentou manter contato com o vice-presidente Anderson da Nova, através de mensagem via Whattsapp,  mas até o fechamento dessa matéria, não obteve resposta.

Nas redes sociais e grupos de conversas o que se vê e ouve são criticas aos vereadores. O salário dos Parlamentares subirá de R$ 8 mil, para R$ 9 mil. E ainda terão direito a receberem retroativo do reajuste de janeiro a junho/ 2022. Uma bolada de R$ 6 mil reais a mais no contra-cheque no próximo mês.

Existe o risco do presidente Valquírio Lima pedir contestações judiciais das sessões ordinárias contra o reajuste dos vereadores. 

Lembrando que nem um vereador pediu vistas ou popôs emendas no projeto de Revisão de salários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.