ITAPETINGA: COM A CÂMARA FECHADA E INOPERANTE PREFEITURA CELEBRA CONTRATO PARA ALUGUEL DE CARROS NO VALOR DE MAIS DE 1 MILHÃO DE REAIS

VEREADOR vem de “verea”, originário do grego antigo, significando vereda, caminho. Vereador seria o que vereia, trilha, ou orienta os caminhos. Existe no idioma brasileiro o verbo verear. Vereador é o mesmo que Edil.

Muito se fala nas campanhas eleitorais, onde candidatos vêm prometendo o que, em tese, não poderão cumprir por total falta de amparo legal. Falam o que querem e o povo gosta de ouvir, praticando, por obviedade uma fraude eleitoral (promessas impossíveis de serem cumpridas).

Função Fiscalizadora: O Vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações. Com esse breve relato das atribuições de um vereador a sociedade quer saber: Onde andam aqueles vereadores que tanto fiscalizavam e denunciavam?

O município vem passando por várias situações que cabem uma fiscalização mais efetiva por parte dos nossos Edis, por exemplo: Trabalhadores sem receber salários, postos sem medicamentos, direitos de funcionários retirados, animais que foram supostamente roubados/ou abatidos no parque da Matinha, filas quilométricas no CDM e recentemente um contrato milionário celebrado com uma empresa para aluguel de carros. Cadê os nossos  vereadores que hoje se calam diante de um total desperdício do dinheiro público.

Com o desmantelo que assola a atual administração, vereadores como Tarugão (PMDB) e Naara Duarte (DEM) perdem o discurso quando eles diziam que fiscalizavam a gestão passada em nome da moralidade e a favor do povo, pois estão calados agora diante de um contrato de mais de R$ 1 milhão reais. Na gestão passada a vereadora fez um tremendo barulho na câmara e nas emissoras por conta do contrato da prefeitura com a Bernardo Vidal, inclusive foi a relatora da CPI. O contrato da Prefeitura com a empresa na época era de R$ 600 mil.

Já o contrato feito pelo Prefeito Rodrigo Hagge (PMDB) celebrado no mês passado com a Empresa Administração e Terraplenagem LTDA para aluguel de carros é quase o dobro do contrato com a Bernardo Vidal, que vereadora fez o seu papel e tanto criticou. A pergunta é: Será que os vereadores Tarugão e Naara Duarte, irão abrir uma CPI para fiscalizarem esse contrato de 1 milhão cento e trinta e cinco mil reais com aluguel de carros? Vamos aguardar.

Por  Wagner ribeiro

5 thoughts on “ITAPETINGA: COM A CÂMARA FECHADA E INOPERANTE PREFEITURA CELEBRA CONTRATO PARA ALUGUEL DE CARROS NO VALOR DE MAIS DE 1 MILHÃO DE REAIS”

  1. Se depender desse vereadores aí agente está perdido. Agora a matéria lembrou muito bem sobre essa cpi pois esses dois vereadores eram os que mais falavam. E agora se estão calados é porque o interesse deles era próprios e não do povo.

  2. E o da Nova? Fez nada esse cara, se muito fez foi pintar faixas na rua, e limpeza de entulhos. Que convenhamos, pagar um vereador, acessores e privilégios para estar realizando apenas esses feitos, custa muito caro para pouca coisa.

  3. O que eu tenho a dizer e não canso de falar este ditado uma andorinha só não faz verão pelo que eu vejo pelos quatro quantos da cidade incansavelmente se dedicando e se preocupando com populaçao é o vereador Márcio pio se os outros vereadores ajudassem ai seria outra coisa.

  4. enquanto o povo vender seu voto e votar nos mesmos que ai estao nada vai mudar, ta na hora de por mulheres ,maes pessoas que sabe quanto custa uma familia e se preoculpa,pois se a prefeitura comprasse seus propios onibus economizaria e nao haveria tanto rou*os. pagasse motoristas e poderi ter onibus pros estudantes da uesb que tanto precisam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.