ITAPETINGA: ABSURDO, MAIS UM BEBÊ MORRE POR FALTA DE ANESTESISTA NA FUNDAÇÃO JOSÉ SILVEIRA

 Já são são duas crianças mortas na Fundação em menos de uma semana

Mais uma recém-nascida morreu na madrugada deste domingo (12) também por falta de anestesista na Fundação José Silveira/HCR  no município de Itapetinga, Sudoeste do estado. Leia mais…

 

A negligência hospitalar foi denunciada pela própria mãe da bebê em suas redes sociais. 

Pode ser uma imagem de texto que diz ".evelynpacheco 28min Ver tradução Infelizmente, por mais uma falha do Hospital Cristo Redentor, minha filha, Jade Maria Pacheco Araujo, a pessoa que mais amo nessa vida, se foi, na madrugada do dia 12 logo após nascer. De antemão, peço desculpas por não responder as mensagens ligações, um momento muito delicado para nós, mas desde já agradeço a todos que vierame que virão prestar suas condolências. Muito obrigada, orem por nós"

De acordo informações de pessoas próximas, Evelyn Pacheco Araújo, deu entrada no hospital na semana passada em trabalho de parto, mas como o hospital não dispõe de anestesista, houve demora na realização do procedimento.

Em outra postagem, a mãe lamenta não ter dado entrada na unidade hospitalar pela ala particular, e que perdeu a filha em decorrência de sofrimento fetal agudo, ocasionado pela negligência já recorrente no hospital. 

Pode ser uma imagem de texto

O corpo da bebê foi sepultado no final da tarde deste domingo em clima de muita dor e indignação.

Lamentavelmente, esse é o segundo caso de morte de recém-nascido por falta de anestesista na Fundação José Silveira em menos de uma semana.

A imagem abaixo mostra o pai, o senhor Romário, com caixão nos braços com o corpo da sua filha recém-nascida dentro, que também morrera na Fundação na semana passada por falta de anestesista.


Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.