SE O GESTOR PLANEJAR ESTRATÉGIA DE COMBATE AO CORONAVÍRUS COM A MESMA EFICIÊNCIA QUE FEZ A PROGRAMAÇÃO DO SÃO JOÃO, QUANDO DISSE QUE A GRADE DA FESTA JÁ ESTARIA PRONTA DESDE DE FEVEREIRO, ITAPETINGA PODERÁ TER SUCESSO COM AÇÕES EFICAZES CONTRA O COVID-19

O prefeito disse em uma emissora de rádio que o São João foi planejada no final do ano passado e que toda grade foi fechada ainda no mês de fevereiro deste ano, ou seja, se houve um planejamento para uma possível realização de festa, é plausível que se planeje também ações de combate e prevenção ao novo coronavírus.

       Itapetinga receberá quase R$ 8 milhões de reais nos próximos dias

O Senado aprovou, neste sábado (2), o projeto de lei de ajuda financeira a estados e municípios em meio à crise do coronavírus. O placar foi de 79 votos a favor e apenas um contra.

O texto ganhou o aval dos senadores e foi costurado pelo presidente do senado Davi Alcolumbre (DEM) com o Ministro da Economia Paulo Guedes. Destaque para o repasse de R$ 60 bilhões do Governo Federal a estados e municípios que segue na próxima segunda-feira (04) para Câmara dos Deputados e no dia seguinte para à sanção presidencial.

A proposta prevê o repasse de R$ 25 bilhões da União dividido para os municípios no enfrentamento do Coronavírus, de acordo o tamanho populacional, perdas do ICMS e ISS. Como essa ajuda será repassada de acordo o número de pessoas, Itapetinga, cidade com 76.147 habitantes, receberá até o dia 15 de maio, R$ 7.231.087,79. Veja a lista abaixo:

Com esse montante de quase R$ 8 milhões, somado aos R$ 2 milhões verba do pré-sal, R$ 204.554,31 verba da Vara do Trabalho do município, R$ 1.287.390,27 verba do Ministério da Saúde, a nossa cidade se destaca na região com uma verdadeira fortuna que será aplicada no combate ao Covid-19, teoricamente.

Mas será que na prática, o gestor municipal está aplicando esses recursos que já estão disponíveis nos cofres da prefeitura?

Até o momento o prefeito Rodrigo Hagge (MDB) só conseguiu implantar na cidade como medida de combate ao vírus as barreiras sanitárias, que só funcionam das 07:00h às 17:00h, menos feriados e fins de semana. Com isso, as pessoas vindas de outros estados, principalmente São Paulo e Minas Gerais estão entrando na cidade durante a madrugada sem nenhuma restrição por parte da Vigilância Epidemiológica, aumentando assim o risco de contaminação da população, que assiste temerosa os efeitos de uma gestão paralisada diante de uma pandemia.

Outra medida eficaz para o tratamento de pessoas com casos suspeitos ou confirmado do coronavírus seria o hospital de campanha, mas após quase dois meses do anuncio via decreto municipal do seu funcionamento, o que se ouve é só promessa.

*Se as medidas para combater a pandemia requer um grande aporte de recursos financeiros, o gestor não tem do que reclamar.

*Se o prefeito priorizar a vida como priorizou a programação para realização do São João, onde o evento já estava formatado quatro meses antes da data, quando ele (prefeito) disse em entrevista que a festa já estava com sua grade pronta no mês de fevereiro, Itapetinga poderá ter exito no combate ao coronavírus. 

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.