ITAPETINGA: TAXISTAS DENUNCIAM FALTA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITURA SOBRE O CADASTRAMENTO DO AUXÍLIO TAXISTA

Taxistas podem ficar sem receber até R$ 6 mil, se a prefeitura não cadastras os profissionais

Prefeitura de Miradouro

O BEM Taxista – Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis começa ser pago no dia 16 de agosto, em 6 parcelas de R$ 1000, até dezembro deste ano em todo país. Esse é um benefício do governo federal para compensar os efeitos do aumento no preço dos combustíveis, assim como aconteceu com os caminhoneiros.

As prefeituras devem enviar os cadastros dos seus motoristas. Na primeira etapa, o cadastro foi feito até esse domingo, 31 de julho. Agora, o sistema estará aberto novamente no período de 5 a 15 de agosto.

Os taxistas de Itapetinga estão na ‘bronca’ com a prefeitura, que até o momento não se movimentou para buscar junto aos profisssionais todos os dados para enviar ao Dataprev, órgão que faz a identificação dos profissionais elegíveis.

Taxistas enviaram mensagem ao blog ‘Fala Livre’ denunciando falta de explicação por parte da prefeitura, visto que eles já perderam a primeira etapa do cadastramento, que foi até domingo, 31 de julho.

Os taxistas estão sem entender a falta de esclarecimento. Existe uma lista nas mãos do secretário de governo, porém quando a gente pede informação, ele fala pra aguardar. Vários funcionários da prefeitura são detentores de alvarás. Será que isso, poderia ser o motivo da falta de informação?”, questiona o profissional.

O benefício pode ser recebido por motoristas de táxi com Carteira Nacional de Habilitação válida e alvará para prestação do serviço cadastrado nas prefeituras e em vigor no dia 31 de maio de 2022.

Atenção:

As prefeituras devem enviar os cadastros dos seus motoristas. Na primeira etapa, o cadastro foi feito até esse domingo, 31 de julho. Agora, o sistema estará aberto novamente no período de 5 a 15 de agosto

Vale lembrar que a inclusão do taxista no sistema não garante o pagamento do benefício.

As duas primeiras parcelas, referentes aos meses de julho e agosto, serão pagas em 16 de agosto. No dia 30, receberão os taxistas das cidades cujas prefeituras perderem o primeiro prazo para enviar os dados dos trabalhadores ao governo.

O espaço está aberto, caso o órgão mencionado queira esclarecer o fato.

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.