ITAPETINGA: ALBERTO BARBOSA, PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA CÂMARA INTITULA VEREADORES DA BASE DO PREFEITO DE IRRESPONSÁVEIS, FRACOS E COVARDES

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

O clima esquentou no final da Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (18). O motivo do desabafo do Presidente em Execício e Líder do governo na câmara, vereador Alberto Barbosa, foi por conta da ausência de alguns vereadores da base do prefeito no momento da votação

De acordo o vereador Romildo Teixeira, na sessão desta quarta, três projetos do executivo seriam votados, entre eles, o aumento da tarifa do transporte coletivo e a Lei Orçamentária, mas segundo Teixeira, o interesse de parte da base era pautar o parecer de cassação do vereador Diga Diga.

O presidente em exercício Sargento Alberto criticou duramente alguns vereadores que se ausentaram para não votar os projetos do prefeito. O vereador Tarugão que estava assistindo TV na sala vip, provavelmente ouviu Alberto chamar de COVARDE, o vereador que foge de votação.

Leia na integra a fala do vereador Alberto:

“Eu gostaria de deixar aqui bem claro para população de Itapetinga, quando se trata de política de responsabilidade, e nós ficamos por ser base do prefeito, a gente fica decepcionado com vereadores que dizem que fazem parte da mesa do prefeito e na hora da votação importante, como foram feitas, eles se acovardam e saem do plenário para não votar. Quero aqui deixar os agradecimentos aos vereadores da oposição, que estão presentes para votarem os projetos do prefeito, onde os vereadores de situação deveriam estar aqui presentes e se ACOVARDARAM e saíram do plenário, por que não quiseram votar. Mas nós estamos aqui para assumir as nossas responsorialidades. Agradecer os vereadores que estão presentes, os vereadores da oposição e da situação que estão presentes aqui para votações importantes para o município, (os projetos do prefeito). Vereador João de Deus; Jair Saloes; Nailton Negreiro; Anderson da Nova; Bahia; Zé Antunes, e os vereadores de oposição que estão presentes: Márcio Pio; Gilmar Piritiba; Valdeir Chagas e Romildo Teixeira. Então eu acho que nós devemos ter responsabilidades quando assumimos o compromisso de representar o povo da nossa cidade. Se foi alguma coisa que o vereador não queira votar, tudo bem, ele justifica seu voto. Ele tem livre arbítrio para se defender ou criticar. Agora correr do problema, é coisa de quem é FRACO. Então eu deixo aqui o meu repúdio a esses vereadores que CORRERAM do plenário para não votar, principalmente quando se trata de projetos importantes. Portanto eu deixo aqui a minha indignação” disse.

De acordo o vereador Alberto, os edis que saíram do plenário estavam fugindo de votar no projeto que aumenta a tarifa do ônibus coletivo na cidade, que deve subir R$ 025 centavos. “A passagem do transporte coletivo vai aumentar R$ 0,25 centavos, depois de quatro anos sem reajustar. Será que o vereador tem medo disso? vereador tem que ter principio, independente do que seja”, finaliza Barbosa

Sem citar nomes o Presidente chamou de IRRESPONSÁVEL, FRACO E COVARDE, os vereadores que fugiram da sessão. Valquirão e Tarugão, foram os vereadores que se ausentaram da sessão na hora da votação.

Por Wagner Ribeiro

One thought on “ITAPETINGA: ALBERTO BARBOSA, PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA CÂMARA INTITULA VEREADORES DA BASE DO PREFEITO DE IRRESPONSÁVEIS, FRACOS E COVARDES”

  1. O vereador Alberto não deveria falar no coletivo pousada não foi a maioria dos vereadores da base que não votaram e sim dois , os demais estavam presente para a votação , a única ausente foi a presidente que mesmo estando presente votaria pois ela sendo presidente só vota em caso de empate, foi o que aconteceu com o presidente em exercício Alberto que na ausência da presidente ficou comandando a sessão e não pode votar .Se os dois vereadores queriam que no dia dessa sessão fosse para resolver se cassaria ou não o vereador diga diga , em tão não quiz participar da votações , direito desses dois vereadores, ou será mesmo que não quiseram se envolver no aumento do transporte coletivo, provavelmente não acha certo o aumento no momento, apesar que a viação alega não haver aumento à quatro anos, achei até aceitável o valor de 3, 00 para 3, 25 , tinha estipulado que poderia ser 3, 50 ficou menos pesado para a população que utiliza o transporte coletivo .Acho que estavam com receio que o povo pudesse não gostar que os vereadores concederam o aumento do ônibus , achou melhor não participar , porém as outras votações deveria sim estar presente..Acho que essa foi a última sessão pois já teve a votação orçamentária , e toda as vezes que vota o orçamento interrompe o semestre do ano .Então será que terminando os trabalhos da câmara e só no ano de 2020 também encerrou a cassação ou não do vereador diga di? Acho que se não resolveu nesse ano não pode concluir no ano quer vem.Talvez seja por isso que os dois vereadores não gostaram e se retiraram da sessão .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.