POR QUE MORO NÃO RESPONDE SE TEVE ENCONTRO COM EXECUTIVOS DA TAUROS

O ministro da Justiça, ex-juiz Sérgio Moro, alegou privacidade para não responder se recebeu executivos da fabricante de armas Taurus antes da publicação do decreto que libera posse de armas.

 A informação foi solicitada pelo PSOL ao ministro Moro e à Casa Civil.

“O direito à privacidade, no sentido estrito, conduz à pretensão do indivíduo de não ser foco de observação de terceiros, de não ter os seus assuntos, informações pessoais e características expostas a terceiros ou ao público em geral”, diz a negativa de Moro, publicada pela Folha de S. Paulo.

O Palácio do Planalto respondeu. Um dos executivos da empresa esteve na Casa Civil no dia 11 de janeiro, mas não se encontrou com o ministro Onyx Lorenzoni. Ele reuniu-se com o chefe de gabinete do ministro, Marco Rassier.

Depois de Moro se negar a responder, o PSOL protocolou um requerimento de informação na Câmara dos Deputados solicitando as mesmas informações.

O primeiro vice-presidente, deputado Marcos Pereira (PRB-SP), deve encaminhar o pedido.

Agora, que motivo teria Moro para esconder esse tipo de informação?

O deputado federal Jorge Solla, criticou duramente a posição do ex-Juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro. Veja o vídeo.

A nossa bandeira jamais será laranja!

Posted by Jorge Solla on Thursday, February 14, 2019

Fonte/Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.