ITAPETINGA: VEREADORES DO PREFEITO DEBOCHAM DA LEI ORGÂNICA PARA LIVRAR PREFEITO DE INVESTIGAÇÃO

Os vereadores da Câmara Municipal de Itapetinga José Antunes, Jair Saloes, Tarugão, Fabiano Bahia, Nailton Negreiro, João de Deus, Alberto Barbosa e Anderson da Nova, mais uma vez decepcionam a população e rasgam a Lei Orgânica do município, votando contra a abertura de uma Comissão Especial de Investigação que apura o afastamento do Prefeito Rodrigo Hagge (MDB), por 17 dias, desobedecendo o artigo 60º ,capitulo IV  da lei municipal.

A sessão foi tumultuada e cheia de equívocos cometidos pela mesa diretora. De acordo Juraci Nunes autor da peça que pede a investigação, o rito da sessão foi totalmente desvirtuado pela presidente, ou seja, o pedido teria que ser apresentado no grande expediente, obedecendo o Regimento Interno da casa. Veja declaração de viagem e afastamento assinado pelo prefeito Rodrigo Hagge

Nenhuma descrição de foto disponível.

Diante de todas as provas irrefutáveis que dizem textualmente que o prefeito se ausentou da cidade por 17 dias, surge um questionamento que está ecoando nas pessoas em cada esquina desta terra: Quais motivos teriam os vereadores para votarem contra o prosseguimento do processo, sendo que o prefeito desobedeceu a lei?

Segundo os especialistas políticos, foi a falta de inteligência da mesa que causou todo aquele tumulto, não permitindo que a sessão prosseguisse, pois no plenário o prefeito tem maioria.

Depois do show de horrores que aconteceu na sessão desta quarta-feira (03), o que podemos esperar para hoje é uma sessão de “QUINTA”

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.