ITAPETINGA: FRIGORÍFICO DA CIDADE PODE TER DEMITIDO 50 FUNCIONÁRIOS

Uma das maiores preocupações do cidadão atualmente é falta de emprego aliado a falta de investimento nos setores empregatícios. A crise financeira que abala todo o Brasil começa a afetar  mercados que pareciam sólidos. Nos últimos anos o setor de frigoríficos vem sentido com a economia fraca que deixa o cidadão sem poder de compras e os médios e pequenos empresários acabam demitindo parte dos seus funcionários.

frig 1

A nossa reportagem obteve informações extraoficiais que cerca de 50 funcionários do Frigorífico Sudoeste (Frigosol), foram demitidos na última semana, sendo 40 na produção e 10 na administração. O frigorifico Sudoeste é uma das indústria que gera emprego em Itapetinga, chegando a ter em seu quadro de colaboradores 300 pessoas com empregos diretos e indiretos, fornecendo seus produtos em toda região.

frig 2

Não sabemos os motivos que levaram a empresa de carnes em Itapetinga no Sudoeste da Bahia a tomar essa decisão, mas vários frigoríficos estão fechando as portas, pois o mercado interno que representa 80% da produção bovina no País, está desaquecida. Lembrando que o frigorifico sudoeste já fechou suas portas no ano de 2012, alegando a concorrência desleal do abete clandestino no município e reabriu um ano depois, tendo o apoio da secretaria de Agricultura do Estado e contou com a presença do então Secretário Eduardo Salles. 

A nossa reportagem tentou por várias vezes entrar em contato com a empresa para buscar novas informação, mas ninguém fala sobre o assunto, inclusive entramos em contato com a secretária da empresa e toda vez que a ligação é passada para o RH o telefone fica mudo. Itapetinga, cidade á 453 Km de Salvador, vem sofrendo com a falta de empregos e agora mais 50 pais de famílias podem estar sem sua fonte de renda.

Por Wagner Ribeiro

5 thoughts on “ITAPETINGA: FRIGORÍFICO DA CIDADE PODE TER DEMITIDO 50 FUNCIONÁRIOS”

  1. A sabedoria popular está a dizer que o melhor burro precisa de duas esporas, naturalmente que a união faz a força…mas ao que parece determinados partidos políticos só serviram de cangalhas para carregarem o peso da perseguição partidaria a “perpetuar”no poder a perseguição, nem que para isso tenha que sacrificar o empreendimento de quem pensa politicamente diferente dos perseguidores patriarcais.
    Fica ao meu ver evidente, que esses “administradores” hereditários sem se importar com Itapetinga,pois mandaram a população fazer suas compras em Vitória da conquista,hoje não tão diferente querem contribuir para o fechamento desse frigorífico, será a sigla partidaria do PSDB ligada a Dr Adriano Alcântara que abriu processo contra a “farra” da campanha política, e está sendo perseguido partidariamente hoje?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.