TRÊS PESSOAS MORREM E QUATRO SÃO INTERNADAS APÓS PATRÃO OFERECER ‘CACHAÇA BATIZADA’

Homens que morreram com 'pinga' estavam esperando pagamento pelos serviços prestados

Três pessoas morreram e quatro precisaram ser internadas após beber uma “cachaça batizada” em um ônibus. Todas as vítimas eram prestadoras de serviços e aguardavam o pagamento, quando o contratante ofereceu o drink. 

De acordo com a Polícia Civil, os mortos foram identificados como Vitor Oliveira de Assis, de 17 anos, Igor Gabriel Santos Conceição, de 19, e Marcone Ferreira de Souza, 26.

Segundo o boletim de ocorrência, as sete vítimas que beberam o líquido trabalhavam em uma fazenda localizada no povoado de Entroncamento de Porto Novo, em São Félix do Coribe, no oeste baiano. Elas estavam dentro de um ônibus aguardando o pagamento pelos serviços prestados, quando um dos trabalhadores ofereceu uma dose de bebida conhecida como pinga. Ao ingerir o líquido, todos os trabalhadores começaram a passar mal e foram socorridos para uma unidade de saúde. Três deles não resistiram e quatro seguem internados.

Os hospitalizados foram identificados como Anderson Santos das Neves, de 30 anos, Elena Deziderio Bispo, de 51, Soniele Alves da Silva, de 18, e Carina Catia dos Santos de 40. De todos, o estado mais preocupante é o de Carina, que está em estado grave, internada no hospital de Santa Maria, local onde também está Elena, em observação – ela passa bem. As outras duas vítimas estão no hospital de Barra, sendo que Anderson precisou ser entubado.

O homem que ofereceu a bebida já prestou depoimento e outras oitivas estão agendadas. Foram expedidas as guias para necropsia e exame toxicológico. Diligências estão sendo realizadas para tentar elucidar o caso. A causa das mortes será apurada pela Delegacia de São Félix do Coribe, que já instaurou inquérito.

Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de Santana lamentou a morte. “A gestão municipal presta sua solidariedade aos familiares, amigos e à toda população de Porto Novo nesse momento difícil. A administração esclarece ainda que está ao lado das autoridades para esclarecer os fatos e presta assistência jurídica, médica e psicológica aos familiares das vítimas santanenses”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.