PROFISSÃO PERIGO: ELETRICISTAS DA PREFEITURA ARRISCAM A VIDA PARA REPOR LÂMPADAS EM ITAPETINGA

Pesquisa divulgada no País, mostra que a profissão mais perigosa da atualidade é a de MINEIRO. Eu discordo. Aqui em Itapetinga, cidade localizada no Médio-Sudoeste, a profissão mais perigosa é sem dúvida nenhuma a de ELETRICISTA da prefeitura de Itapetinga.

Visto que os eletricista têm que, além de trocar lâmpadas próximos a fios de alta tensão, ainda tem que se equilibrar em duas escadas para realizar o serviço.  As imagens enviadas ao ‘Fala Livre’, mostram fidedignamente o perigo de repor lâmpadas nas ruas da cidade. 

A imagem pode conter: ar livre

O que a gente observa nessa imagem, é uma total falta de responsabilidade com o servidor, que se equilibra em duas escadas, colocando em risco a própria vida e a de pessoas que transitam pelo local. Esse serviço teria que ser feito com um equipamento chamado, plataforma elevatória, para dar mais segurança aos profissionais.

Essa ‘gambiarra’, improvisada pelos servidores, mostra que essa administração não está cuidando dos funcionários, imagine da população. Todos se lembram quando os coveiros manipulavam restos mortais com sacolas plásticas nas mãos, pois a prefeitura não disponibilizava material adequando para os trabalhadores dos cemitérios.

A imagem pode conter: ar livre

No Governo Rodrigo Hagge (MDB), foi cortado direitos adquiridos há anos, entre eles, insalubridade e periculosidade. Depois do risco que esse funcionário correu, nos resta parabeniza-lo pela destreza, e pedir que não faça mais, pois sua vida é única, e não vale apena se arriscar tanto. E a prefeitura, tem que dar condições de segurança para o servidor realizar seu trabalho.

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.