ITAPETINGA: PACIENTES AMANHECEM NA ‘FILA DA MORTE’ E POPULAÇÃO CRITICA O PREFEITO; ATÉ QUANDO?

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas a caminharem, automóvel e ar livre

Dezenas de pessoas mais uma vez amanheceram nesta segunda-feira (5), em uma fila para marcação de consultas e exames no CDM. Os pacientes aguardavam a chance de pegar uma ficha para atendimento nos serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde.

Por volta das 4h, a fila para a marcação de exames ocupava toda a extensão do quarteirão. O temor da maioria dos pacientes era não conseguir marcar a consulta, e ter que voltar no mês que vem, e novamente enfrentar toda a maratona de sair de madrugada e ficar no ‘relento’, enfrentando o frio e a chuva, como aconteceu nesta segunda-feira. 

A dona Eurides, que mora na Vila Santana, chegou por volta de 5h da manhã para marcar uma cirurgia de catarata, recebeu mais uma vez um ‘NÃO’ como resposta. Depois de passar quase três horas na “fila da morte”, ela procurou os meios de comunicação para relatar o absurdo e a falta de sensibilidade do prefeito Rodrigo Hagge (MDB).

“Já é terceira vez que me mandam voltar. Hoje mesmo, a moça do CDM disse pra eu retornar no próximo dia 12. Vou ter que perder mais um dia de trabalho. Sou sozinha, e pra colocar comida na mesa pra meus filhos, tenho que fazer faxina, já é a terceira vez que peço dispensa no trabalho”, disse Dona Eurides.

Outro cidadão contou a nossa reportagem que chegou na porta do CDM por volta das 18h de ontem, domingo (04) e já tinha uma senhora aguardando, pois o procedimento da consulta só acontece uma vez por mês, ou seja, só são disponibilizados 10 fichas para um único atendimento profissional. Todo mês é essa confusão, as pessoas ficam várias horas na na fila e ainda não conseguem marcar as consultas, disse o paciente.

Lembrando que recentemente a nossa reportagem recebeu uma denúncia que dois vereadores, estão tendo preferência nas marcações de exames. Eles [vereadores] chegam com as pastinhas debaixo do braço com os pedidos, e passam na frente de quem chega no CDM de madrugada. Dizem que os edis são moradores da Nova Itapetinga e já foram flagrados entregando as respectivas pastinha no órgão.

O projeto que marca exames pela internet, do vereador Diga Diga (PR), acaba com as filas que se formam todo mês no CDM. 

Por Wagner Ribeiro 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.