ITAPETINGA: MORADORES DO QUINTAS DO SUL RECLAMAM DE OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO ABANDONADAS PELO PREFEITO

Moradores do bairro Quintas do Sul estão revoltados com a demora na conclusão da obra de pavimentação do referido bairro.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e ao ar livre

Com recursos de R$ 1,7 milhão ( UM MILHÃO E SETECENTOS MIL REAIS) , alocados pelo Deputado Antônio Brito (PSD), o serviço foi abandonado pela prefeitura, frustrando os sonhos dos cidadãos que acreditaram nas promessas do prefeito.

Pode ser uma imagem de estrada

No próximo dia 21 deste mês a obra completará 1 ano que foi iniciada, mas infelizmente os moradores continuam pisando na lama e enfrentando transtornos na localidade. Leia mais…

Conforme anunciado pela Prefeitura,  ao todo seria revestido 15.000m² de pavimentação.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Veja o que disse o prefeito Rodrigo Hagge (MDB) há um ano, quando visitou o bairro com a presença do deputado Antônio Brito, secretários e vereadores da base para assinar a ordem de serviço: “Não era só uma cobrança da população, era uma cobrança nossa. Durante a campanha, muitos passaram por aqui para dizer que estávamos fazendo promessas eleitoreiras. Hoje a gente pode retrucar aquela fala mostrando que a gente faz compromisso sério e responsável. Nós traçamos planos, fazemos projetos e buscamos cumprir as nossas metas”, disse Rodrigo ao anunciar que o trabalho de pavimentação iniciado nesta segunda-feira, se estenderá a ruas de Bandeira do Colônia, à Baixada dos Ciganos e a muitas outras ruas da cidade. “Creio que este seja o nosso primeiro evento oficial de entrega de obra. Mas isso vai ser uma constante a partir de agora porque nós temos uma equipe que tem trabalhado dia e noite para tirar do papel todos os nossos planos”, disse Rodrigo Hagge.

Mas isso não é só um problema do bairro Quintas do sul, podemos observar que as obras de pavimentação foram abandonadas também no Hilda Gama, Cidade Jardim e Américo Nogueira.

 

Moradores desses bairros estão revoltados com a demora na conclusão dessas pavimentações, pois todas foram liberadas via emendas parlamentares. O serviço foi abandonado e a buraqueira tomou conta das ruas.

Segundo o moradores, circular pelas ruas do bairro é uma aventura perigosa, ainda mais pra quem é cadeirante ou com mobilidade comprometida. No local é constante  a ocorrência de veículos atolados. Veja vídeo:

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.