ITAPETINGA: MERENDEIRAS E ZELADORAS DENUNCIAM ATRASO DE SALÁRIOS

Uma das prioridades do prefeito Rodrigo Hagge (MDB) ao iniciar sua gestão em 2017, foi a valorização dos funcionários e o pagamento em dia dos contratados. Em menos de dois anos de mandato o prefeito parece que esqueceu as suas promessas e retirou direitos, e ainda vem atrasando o pagamento dos trabalhadores, especialmente da educação do município de Itapetinga-Sudoeste da Bahia.

Nesta semana uma enxurrada de críticas ao Secretário de Educação, Geraldo Trindade e consequentemente ao prefeito Rodrigo, foram feitas pelas merendeiras e zeladoras do município.

Com salários atrasados há quase dois meses, merendeiras das escolas da rede municipal passam por dificuldades para conseguir sobreviver e pagar as despesas como aluguel, água e luz além de dinheiro para comprar comida. Elas denunciaram ao ‘Fala Livre’ que os salários do mês de outubro não foram pagos e já está vencendo o mês de novembro e o que é pior, sem previsão para receber. “Estamos vivendo de brisa, será que o prefeito não tem compaixão? precisamos pagar nossas contas”, disse uma funcionária.

FUNCIONÁRIOS DO SAMU 192 DESVALORIZADOS

Quem também está vivendo uma situação parecida, são os guerreiros do SAMU 192. De acordo denuncia dos vereadores Valquírio Lima (PR) e Diga Diga (PR), os funcionários deste equipamento tão importante para nossa população, estão recebendo apenas R$ 700 reais mensais, depois que desconta alguns encargos.

Enquanto isso, os contratos milionários continuam em vigência no governo DIFERENTE. Esse choque de gestão está chocando a população.

IMG_1510

Por Wagner Ribeiro

One thought on “ITAPETINGA: MERENDEIRAS E ZELADORAS DENUNCIAM ATRASO DE SALÁRIOS”

  1. Os funcionários do SAMU não tem sindicato? Para poder batalhar por eles , porque se for depender de vereadores só vão usar eles para fazer politicagem resolver que é bom nada .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.