ITAPETINGA: ALUNOS DO MUNICÍPIO SÃO COLOCADOS EM SITUAÇÃO DE RISCO AO VENDEREM NAS RUAS BILHETES PARA FESTA JUNINA

Professores das escolas do município, estão pedindo aos alunos que vendam bilhetes para festinha de São João, em Itapetinga, Sudoeste da Bahia. Na noite desta segunda-feira (11), por volta das 19:00h, a nossa reportagem teve acesso a três crianças de aproximadamente 8 a 9 anos de idade, vendendo bilhetes na porta de uma farmácia no bairro Primavera.

Ao indagar as crianças o que faziam aquela hora da noite sem a presença dos seus pais ou um responsável na porta de um estabelecimento? Elas disseram que arrecardavam dinheiro para participar da festa junina ‘rainha da pipoca”. A regra é; quem vender mais bilhetes se torna a rainha da pipoca ou o rei do milho.

Nas mãos de uma delas tinha um papel sem timbre da escola, com vários quadradinhos fazendo referência a quantia de R$ 0,25 centavos. Na porta do estabelecimento eles abordavam quem chegava, no intuito de arrecadar a quantia estipulada. Toda pessoa que chegava no local, eles faziam a mesma abordagem, pedindo as moedas para realizarem o evento da escola. Perguntei com quem eles estavam e se moravam naquelas imediações. Eles disseram que estavam sozinhos e moravam algumas quadras dali.

                                             imagem meramente ilustrativaResultado de imagem para cartela para arrecadar dinheiro para festa junina

Como pai, fiquei muito preocupado em ver três crianças na rua, totalmente desprotegidas, onde a violência é muito evidenciada contra criança. Perguntei se os pais sabiam que eles estavam ali aquela hora vendendo bilhetes, eles disseram que sim. O meu dever como cidadão, foi pedir para eles irem para suas casas imediatamente, pois aquela hora não era propícia para crianças estarem sem acompanhantes, principalmente próximo a bares e expostos ao tempo frio e chuva.

O que não consigo entender é ver as escolas colocando crianças em uma situação de vulnerabilidade e expondo os alunos numa situação de risco. A nossa matéria é em forma de alerta para os pais não deixarem seus filhos em porta de bares, restaurante, pontos de ônibus e lugares diversos, vendendo bilhete para realizarem eventos, pois isso é obrigação da prefeitura. Se o Prefeito estar realizando o São João mais caro da região, pode muito bem fazer uma festinha para os alunos.

Por Wagner Ribeiro

6 thoughts on “ITAPETINGA: ALUNOS DO MUNICÍPIO SÃO COLOCADOS EM SITUAÇÃO DE RISCO AO VENDEREM NAS RUAS BILHETES PARA FESTA JUNINA”

  1. Poxa Vagner aí vc vacilou não tem nada a ver, todos nós passamos por isso e nunca aconteceu nada eu por exemplo nunca consegui ser o rei do , mas era porque eu era acanhado e tinha vergonha de vender, mas quem não tinha era até uma diversão.

    1. João obrigado pelo seu comentário, ao qual respeito. A questão não é participar da competição e sim o risco que os alunos correm em ficar na rua vendendo esses bilhetes. Também já participei nas festinhas juninas naninha época, mas o tempo era outro e não existia tanta violência contra crianças como existe agora. Grato pela participação.

  2. Isso não é somente escolas municipais , escolas estaduais e particulares também realiza esses eventos arrecadando dinheiro e até mesmo alimentos principalmente em gincana frequentemente acontece.Eu já participei muitas vezes , porém não fazia a noite e nem saia do meu bairro , cabe os pais por regras e até mesmo particupar ajudando o filho a realizar essa tarefa .

  3. Estudei da primeira à quarta série no José Vaz Espinheira e quinta à oitavo série no Ginásio Agro Industrial ,participei das competições de arrecadações ,todas as vezes que decidia por realizar a atividade de noite tinha um adulto junto ,uma pessoa para tomar conta e passar confiança para quem contribuía ,fora que nessa época o conselho tutelar era mais ativo ,os pais eram verdadeiramente responsáveis pelos seus filhos não atribuía para professores ,escola .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.