EM POST, FILHA DE OLAVO DE CARVALHO PEDE QUE DEUS PERDOE O PAI

Olavo de Carvalho

Herdeira de Olavo de Carvalho (1947-2022), Heloísa de Carvalho pediu para que Deus perdoe as maldades cometidas pelo seu pai. Na web, a filha do guru do bolsonarismo soltou críticas duras, mas falou que “comemorar a morte é assinar o atestado de total falta de humanidade”.

Via Twitter, Heloísa recordou o trecho de um vídeo em que Olavo negou a pandemia. Foi no mesmo dia que ela perdeu uma grande amiga.

“No dia que o Olavo postou que não tinha 1 morte por Covid, perdi uma querida amiga, que era viúva e deixou 3 crianças com menos de 10 anos órfãs”, revelou.

“Olavo morreu de Covid, não tem como eu sentir grande tristeza pela morte dele, mas também não estou feliz. Sendo sincera comigo e meus sentimentos”, desabafou.Sobre a amiga, Heloísa relatou: “Os patrões negacionistas não quiseram afastá-la do trabalho, empregada doméstica, pegava condução e pegou Covid, eu ainda a aconselhei uns cinco dias antes dela pegar Covid a se demitir, mas quem iria sustentar as 3 crianças”.

“Que Deus perdoe ele de todas as maldades que cometeu”, implorou a filha, que completou: “Comemorar a morte de qualquer pessoa é assinar o atestado de total falta de humanidade, Deus está vendo e eu também”.

Olavo de Carvalho morreu na noite da última segunda-feira (24), madrugada no Brasil, em um hospital na região de Richmond, no estado norte-americano da Virgínia. No último dia 16, ele anunciou que estava com Covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.