À BEIRA DO COLAPSO: PREFEITURA JÁ ARRECADOU QUASE 300 MILHÕES EM DOIS ANOS NA GESTÃO RODRIGO HAGGE E ITAPETINGA VIVE UM CAOS EM TODAS AS ÁREAS

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, sapatos, barba e ar livre

Um colapso em todos os setores. Nos quatro cantos da cidade, o que se fala é a falta de rumo da administração municipal em Itapetinga, a maior cidade do Médio Sudoeste. Um desastre administrativo, trazendo graves prejuízos para a população em todas as áreas. O prefeito Rodrigo Hagge (MDB), até o momento, não disse a que veio.

Questões importantes como geração de emprego e renda não passaram de discurso eleitoreiro. A cidade vive em abismo, aonde vem enfrentando graves problemas nas áreas da saúde, limpeza urbana, infraestrutura, e a crise no comércio onde dinheiro não circula.

Além disso, cresceu também o número de reclamações, pela falta de Iluminação pública em diversos bairros da cidade, coleta de lixo irregular, falta de medicamento nos posto, demissão em massa de servidores, ruas cobertas pelo mato e esburacadas. A população carente do município é desprovida de qualquer iniciativa do gestor que resolveu mostrar nas redes sociais uma cidade que não existe na realidade. Porém a prefeitura já arrecadou quase R$ 300 MILHÕES em apenas 2 anos de governo.

O investimento do prefeito também é alto para aluguel de palcos, som, iluminação para eventos e shows, e gastou uma fortuna no último São João. Sem falar nas contratações da empresa de coleta de lixo, que supera as cifras de R$ 4 milhões e do aluguel de veículos, que gira em torno de R$ 1 milhão 135 mil reais.

O que se tem é a impressão de que o gestor  não acordou pra a realidade de que é o prefeito da cidade que tem o Trigésimo segundo PIB da Bahia e a 26ª em população. A câmara do município em especial os vereadores da base, em nada se posicionam em relação aos desmandos do gestor, apenas diz sim para os CÓDIGOS MALÉFICOS que o prefeito vem tentando aprovar junto aos seus asseclas. A sensação é que os vereadores da base estão hipnotizados, o que põe em risco o futuro de uma cidade onde a maior riqueza é seu povo.

Com quase R$ 300 Milhões de reais arrecadados nesses dois anos de mandato, o prefeito Rodrigo não conseguiu inaugurar uma obra que nasceu em sua gestão, e está vivendo de obras da administração passada que foram deixadas praticamente 80% concluídas e com dinheiro em conta para finaliza-las. Como é o caso do Centro Educacional Marvione Macêdo e o PSF, Dr. Arnaldo Teixeira, ambos no residencial 12 de dezembro e uma creche no bairro Vila Riachão.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e ar livre

Para administrar uma cidade do porte de Itapetinga, o prefeito tem que saber planejar, organizar, dirigir e controlar e principalmente ter Equilíbrio e pulso, e acima de tudo morar na cidade, e saber escolher seus auxiliares. Não se pode transformar os cargos da Prefeitura em balcão de negócio. Diante do caos que vive a cidade, quase 4 mil itapetinguenses já foram embora, e os que ficaram amargam uma gestão pífia e que não dá sinais de reação.

prefeitura-itapetinga

Por Wagner Ribeiro

2 thoughts on “À BEIRA DO COLAPSO: PREFEITURA JÁ ARRECADOU QUASE 300 MILHÕES EM DOIS ANOS NA GESTÃO RODRIGO HAGGE E ITAPETINGA VIVE UM CAOS EM TODAS AS ÁREAS”

  1. Que vergonha! Acreditamos em vc prefeito! Que desastre! Pede para sair que é mais digno! Uma vergonha sua gestão!!!!!! Acabando com nossa cidade!!!!!! Já está na hora de de acabar com essa “dinastia” habitava mesmos…..a cidade precisa respirar outros ares!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.