BANDEIRA DO COLÔNIA: FALTA DE MEDICAMENTO NO POSTO; MORADORA DETONA COM O PREFEITO

Resultado de imagem para BOTE A BOCA NO TROMBONE

Uma senhora moradora do Distrito de Bandeira do Colônia, enviou um áudio via WHATSAPP para o Radialista Rubinho Cordeiro, que apresenta um programa Jornalistico ás 12:00h na Rádio Itapuy  FM em Itororó e detonou o prefeito de Itapetinga. No áudio em questão, a cidadã concorda com um outro ouvinte que ligou participando por telefone do programa, pedindo providência ao prefeito Rodrigo Hagge (MDB) sobre a falta de medicamento no posto de saúde de Bandeira.

“É verdade Rubinho o que esse rapaz falou ai, toda vez que eu vou neste posto, não acho remédio de pressão. Eu tomo três medicamento para hipertensão, quando chego na unidade, eu só pego uma caixa, é difícil achar todos, pois nunca tem. Ontem mesmo eu fui aí no posto e me falaram que o medicamento estava faltando porque segundo os funcionários, não tinha carro para buscar em Itapetinga. Tem condição uma coisa dessa Rubinho? A gente que faz o uso contínuo, não pode ficar sem essa medicação. Às vezes eu tenho que pegar o dinheiro do próprio bolso, quando tem, para comprar, pois não existe no posto. Isso é um direito que nós temos de não faltar, e pra gente falta tudo aqui no Bandeira. Nós estamos abandonados por esse Prefeito, estamos largado por esse Prefeito”, concluiu revoltada a ouvinte, moradora de Bandeira do Colônia.

Recentemente  Dona Dalva Rosa, moradora do Hilda Gama teria tentado marcar um exame no CDM para a senhora Sirlene Gonçalves que faz tratamento oncológico, e ficou mais de 3 horas na fila de espera e saiu do Centro sem alcançar seu objetivo. Com a saúde ‘combalida’ e a falta de emprego na cidade, os vereadores da base do prefeito ainda querem aumentar a conta de água em Itapetinga. Como o povo só faz dançar nesta administração, então, tome Forró. 

Por Wagner Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.