ITAPETINGA: MORRE JOSEVAL RIBEIRO ALMEIDA, CONHECIDO “SEVINHA”

Faleceu na tarde desta segunda-feira (20), o senhor Joseval Ribeiro Almeida, mais conhecido como Sevinha do churrasco grego (o escabrefado). Sevinha foi internado no HCR/ FJS, com quadro clínico respiratório grave. Segundo a sua filha Graziela nos informou, Sevinha já tratava  de um problema pulmonar e o seu quadro piorou nas ultimas horas, vindo a óbito por volta das 16:30hs.

Sevinha era muito conhecido e Benquisto na cidade pelo seu jeito extrovertido de lidar com as pessoas.  Na década de 90 foi o pioneiro do Churrasco Grego em Itapetinga.

Sevinha era Funcionário Público há mais de 35 anos. Ele deixa 03 filhos: Graziela Ribeiro, Grazielma, Josevan e a esposa Ivone Ribeiro Almeida. O corpo será velado na Pax Perfeição a partir das 22:00hs. Os nossos sentimentos de pesar aos familiares. 

Por Wagner Ribeiro

com informações da Família

ITAPETINGA: DEPUTADO ROSEMBERG E O EX-PREFEITO JCM VISITAM AS OBRAS DO PONTO CIDADÃO

Na tarde desta quinta-feira (16) o Deputado Estadual Rosemberg Pinto (PT) esteve visitando as obras do ‘Ponto Cidadão’ em Itapetinga, e avaliou que as instalações já estão bem adiantadas.  Acompanhando o Deputado o ex-prefeito José Carlos Moura (PT), disse estar muito feliz com mais um sonho da população sendo realizado.

Foto de Wagner Da Ribeiro Da Silva.

  O ex-gestor é o responsável pela a implantação do órgão no município, através de um pedido que fez ao governador Rui (PT), quando ainda era prefeito da cidade. Com a implantação do ‘Ponto Cidadão’ o ex-prefeito JCM marca uma história de grandes realizações em nossa cidade como: Saúde em Movimento, Água encanada de qualidade em Palmares, Creche referência em Bandeira do Colônia, 3 mil casas (MCMV), SAMU 192, UPA 24 Horas e tantas outras relevantes para o nosso município. […]

Maioria do STF rejeita suspender tramitação de denúncia contra Temer

Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em sessão do STF que julga questões relativas à denúncia contra Temer, em Brasília

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou, nesta quarta-feira(20), suspender tramitação contra o presidente Michel Temer. Eles votaram para que prossiga com as denúncias, alegando não ser o momento de discutir provas. Seis ministros acompanharam o relator Edson Fachin: Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fuz e Dias Tofoli. Gilmar Mendes, foi o único até o momento que acolheu o pedido da defesa de Temer, que pede para que a denúncia não seja enviada a Câmara dos Deputados até que a PGR (Procuradoria Geral da República) conclua uma investigação interna sobre a delação dos executivos da JBS. A presidente do STF, Cármen Lucia, suspendeu o julgamento, que será retomado amanhã quinta-feira(21), para que se prossiga com a votação, pois ainda faltam a presidente Cármen Lucia, Marco Aurélio e Celso de Mello relatar como votam.

O presidente é acusado  de obstrução e participação em organização criminosa. De Nova York Michel Temer disse a imprensa que as denúncias contra ele são “inverdades absolutas” e não se preocupa “minimamente” com elas.

Deputados dormem em plenário da Câmara durante discussão sobre reforma política

Deputados dormem em plenário da Câmara durante discussão sobre reforma política

Fotos: Gustavo Lima / Janine Moraes / Ag. Câmara / Montagem BN

Para que a reforma política seja válida já nas eleições de 2018, ela precisa ser votada até o dia 5 de outubro, o que tem apressado muitos parlamentares. No entanto, alguns aparentam mais tranquilidade sobre o tema. É o caso dos deputados Misael Varella (DEM-MG) e Vicente Arruda (PDT-CE), que foram flagrados dormindo enquanto o assunto era discutido no plenário da Câmara. Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, o primeiro deu apenas uma leve cochilada. Já Arruda teria dormido por pelo menos 10 minutos, com o queixo caído.

Por Bahia Notícias

PF investiga suspeita de fraude em licitações do Ministério da Agricultura na Bahia

Resultado de imagem para pf investiga ministerio da agricultura na bahia

A Delegacia de Crimes Financeiros da Polícia Federal na Bahia instaurou inquérito para apurar suspeitas de fraudes em contratos sem licitação no âmbito da Superintendência do Ministério da Agricultura no estado. Em 13 de setembro deste ano, o médico veterinário Carlos Alberto Lantyer, que integra o quadro de servidores da unidade, apresentou à PF uma denúncia de supostas irregularidades que teriam sido cometidas por meio de conluio entre dirigentes da superintendência e empresários. No documento, obtido na íntegra pela Satélite, Lantyer pede abertura de investigação sobre dois contratos firmados sem processo licitatório de 2011 a 2015, durante a gestão da ex-deputada estadual Virgínia Hagge (PMDB). Os indícios foram posteriormente corroborados por outro técnico do órgão, Luís Mário de Freitas, e também são investigados pela Corregedoria do ministério em Brasília. Nos últimos dias, a PF começou a convocar os autores das denúncias para depor.

Rasteira à vista
Pode ter vida curta a comemoração do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) pela vitória do prefeito eleito de Itabuna, o democrata Fernando Gomes, que teve seus votos validados pelo TRE. É que, além de Aleluia, o deputado federal Paulo Magalhães (PSD) também fez festa pela decisão. Nos bastidores do Congresso e da Assembleia,  a alegria de Magalhães foi recebida como sinal claro de que Gomes planeja trocar o DEM pelo PSD, através de um acordo costurado por Magalhães e chancelado pelo cacique do partido na Bahia, senador Otto Alencar. A negociação faz parte  dos planos de Otto, interessado em ampliar sua tropa de choque no interior  para 2018.

Mudança de hábito
Decreto baixado anteontem pelo governador Rui Costa (PT) acendeu o alerta amarelo na  oposição. A medida altera um decreto anterior, assinado pelo então governador Jaques Wagner em novembro de 2008, quando foram impostas regras sobre compra e aluguel de veículos usados por órgãos, fundações e autarquias vinculados diretamente ao Palácio de Ondina. Antes, os recursos obtidos com venda de automóveis que pertencem ao estado estavam reservados apenas para adquirir novos veículos para a frota de propriedade do Executivo. No entanto, tal obrigatoriedade foi revogada por Rui. Ao mesmo tempo, um novo artigo libera o petista para aplicar como e onde quiser o montante arrecadado com as vendas realizadas nos últimos oito anos.

“Acho fundamental a entrada  de Hilton Coelho no páreo. Sua candidatura qualifica o debate pela diferença de opinião”, Léo Prates, vereador do DEM e pré-candidato à Câmara Municipal, sobre a disputa com o parlamentar do Psol pelo comando da Casa.

Falha nossa
Em correção à nota “Guerra de nervos”, publicada na edição de anteontem, a delegada Jaciara Fernandes esclareceu que, ao contrário do informado, não foi ela quem registrou a queixa de ameaça feita por um militante do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) contra dirigentes da entidade. De acordo com Jaciara, coube a um policial da 1ª Delegacia (Barris) ouvir o denunciante e formalizar o depoimento em boletim de ocorrência assinado por ela. “Mas o assunto será devidamente investigado”, afirmou a  delegada.

Boca aberta
Os líderes do PDT se reúnem semana que vem na Assembleia para discutir o espaço do partido no governo do estado. Desde o início da semana, os cardeais pedetistas se movimentam com velocidade para ampliar a cota da sigla no primeiro e segundo escalões de Rui Costa. O passo foi acelerado com as especulações em torno da saída do deputado estadual licenciado Vitor Bonfim da Secretaria de Agricultura (Seagri) e da dança de cadeiras na Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), comandada por Alexandre Brust.

 Por Correio

Governo Federal desiste de cobrar dívidas de ruralistas no Funrural e perde R$ 17 bilhões

Governo federal desiste de cobrar dívidas de ruralistas no Funrural e perde R$ 17 bilhões

Foto: Lula Marques / Agência PT

O governo federal desistiu da ação contra os ruralistas, sobre a cobrança retroativa de suas dívidas com o Fundo de Assistência ao Trabalhador, o Funrural. Havia a expectativa de o Planalto recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar barrar a resolução publicada no Senado em benefício ao setor, mas a equipe de Michel Temer concluiu que não é o momento de cutucar a bancada ruralista, uma das mais poderosas do Congresso. Isso porque existe a crença de que a bancada pode ser fundamental para barrar a segunda denúncia contra o presidente. Com a desistência, o governo abre mão de R$ 17 bilhões. Por outro lado, segundo a Folha, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deverá ser escalado para tentar convencer os parlamentares de que a medida do Senado é inadequada.

Bahia Notícias

Campanha: Setembro Amarelo

O Setembro Amarelo é uma campanha que ocorre durante todo o mês de setembro para prevenção do suicídio. Essa campanha foi iniciada no Brasil em 2014 por iniciativa do Conselho de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com a ideia principal de alertar a população sobre a importância de discutir, informar, esclarecer, conscientizar, debater e mobilizar a sociedade sobre esse assuno tabu. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que no Brasil ocorram 12 mil suicídios por ano. No mundo são mais de 800 mil ocorrências, ou seja, 1 morte a cada 40 segundos. Estima-se ainda que nove de cada dez casos poderiam ser evitados e que jovens na faixa etária entre 15 a 34 anos de idade, são os que mais intentam contra suas próprias vidas.

Em geral, a vontade de acabar com a própria vida é provocada pela falta absoluta de perspectiva e uma enorme sensação de desamparo e angustia, diante disso não podemos nos omitir.

Em Itapetinga, no sudoeste baiano, o pastor Odinei Ferreira de Oliveira, da Segunda Igreja de Itapetinga, se destacou intensificando essa campanha, com a instalação de outdoor pela cidade, distribuição de panfletos e palestras em escolas, além de outras iniciativas, incluindo atendimentos no gabinete pastoral para toda a comunidade.

Por Secretaria SIBI

JUSTIÇA FEDERAL REMETE AO STF INVESTIGAÇÃO DO EX-MINISTRO GEDDEL VIEIRA LIMA

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, remeteu ao Supremo Tribunal Federal as investigações sobre o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso no complexo penitenciário da Papuda, em Brasília.

O motivo da transferência do caso para o Supremo são os indícios encontrados nas investigações em relação ao irmão de Geddel, Lúcio Vieira Lima, que, na condição de deputado federal, tem foro privilegiado no STF.

Resultado de imagem para IMAGEM DE GEDDEL E LÚCIO VIEIRA LIMA

A decisão atende a um pedido da Polícia Federal, que apreendeu uma nota fiscal de uma funcionária do deputado no apartamento onde estavam escondidos em malas e caixas R$ 51 milhões em espécie – a maior apreensão de dinheiro vivo da história da Polícia Federal. Segundo a PF, o apartamento foi empresstado a Lúcio Vieira Lima e era usado por Geddel. Agentes encontraram impressões digitais do ex-ministro nas malas de dinheiro.

O juiz Vallisney de Oliveira encaminhou o caso ao ministro Luís Edson Fachin e afirmou que, embora não existam indícios contra o deputado em fatos anteriores à apreensão do dinheiro em espécie no apartamento, é preciso aprofundar as investigações – por isso encaminhou as investigações ao STF.

“O certo é que, a partir de agora, diante da existência de sinais de provas capazes de levá-lo a eventual indiciamento no delito de lavagem de dinheiro, delito este que até o que se sabe possui relação com o anterior (fraudes na Caixa Econômica Federal – Operação “Cui Bono”), o processo não poderá prosseguir neste Juízo, sem antes haver uma cognição pelo Supremo Tribunal Federal sobre todas as questões referentes aos procedimentos diretos e circunstanciais a esta apuração”, disse o juiz na decisão.

Vallisney de Oliveira reproduziu o entendimento da Polícia Federal, que vê indício de lavagem de dinheiro por parte do deputado.

Segundo o texto da decisão, “não se pode excluir de plano a participação de Lúcio Vieira Lima no ilícito de lavagem de dinheiro, e considerando o encontro fortuito de indícios acerca do local utilizado para a guarda de dinheiro em espécie que apontam para eventual ligação com o parlamentar, parece-nos mais adequado, neste momento, a remessa dos autos à Egrégia Corte para apreciação de sua competência para investigar”.

ITAPETINGA: NESTA TERÇA-FEIRA ABERTURA DOS JOGOS ESTUDANTIS DA REDE PÚBLICA

Teve início na manhã de hoje, terça-feira (12), o JERP (Jogos Estudantis da Rede Pública), no Estádio António Carlos Magalhães. O JERP desde o primeiro momento teve uma participação de 2000 mil alunos nas etapas iniciais em todas as Unidades Escolares Estaduais.

Estudantes oriundos dos 13 municípios do Território Médio Sudoeste disputarão as seguintes modalidades: Atletismo, Salto à distância, Xadrez, Tênis de mesa, Voleibol, Futebol, Baleado masculino e feminino, Futsal masculino e feminino, Handebol masculino e feminino. Serão 3 dias de jogos em Itapetinga, coordenados por Pablo Porto. A abertura oficial acontece hoje as 18:30 no Ginásio de Esportes, com a presença do diretor do Núcleo Territorial de Educação, Alécio Chaves e equipe.

Por Wagner Ribeiro

ITAPETINGA: VIGILANTES FORAM DEMITIDOS, E SUBSTITUÍDOS POR CÂMERAS

Resultado de imagem para IMAGEM FUNCIONARIO SENDO DEMITIDO

Uma fonte que tem boa relação em todas as secretarias da prefeitura acaba de informar ao FALA LIVRE, que o Prefeito Rodrigo Hagge  demitiu todos os vigilante contratados.

Essa informação cai como uma bomba no colo dos trabalhadores, que  tem apenas essa fonte de renda para o sustento da  família. A secretaria já informou  os vigilantes efetivos da mudança de horário, da noite para o dia.  Os vigilantes estão revoltados, pois não houve nenhum tipo de diálogo entre as partes.

Resultado de imagem para IMAGEM PREFEITURA DE ITAPETINGA

O secretário Geraldo Trindade, disse em  bom tom nos meios de comunicação  em uma de suas entrevistas, que  o objetivo é trocar os servidores por circuito de câmeras em  todas as unidades escolares, trocando a presença física de um vigilante por um sistema de monitoramento, e com isso  diminuir os gastos com a folha.  A nossa reportagem entrou em contato com o sinditatiba, sindicato que representa os trabalhadores da prefeitura.

O sindicato enfatizou que isso é um absurdo o que essa administração vem  fazendo com os trabalhadores, retirando  direitos e benefícios conquistados a anos, e agora demitindo pais de família.  E que não justifica essa questão de diminuir gastos, pois os vigilantes só ganham salário mínimo. Disse ainda que, quem onera a folha de pagamento são os altos salário de comissionados e cargos privilégiados. O Sinditatiba já acionou o jurídico, e vai fazer uma mobilização em prol dos vigilantes. Cadê os nossos aguerridos Vereadores que se dizem o para-choque do povo.

Por Wagner Ribeiro