ITAPETINGA: MEIAS VERDADES E MEIAS MENTIRAS; COM TANTOS CASOS INTERMEDIÁRIOS DO CORONAVÍRUS, PREFEITO DISSE QUE HOSPITAL DE CAMPANHA ESTAVA À DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO PARA CASOS DA COVID-19, MAS UNIDADE AINDA SE ENCONTRA FECHADA

É contraditória a declaração feita pelo prefeito Rodrigo Hagge (MDB) a rádio Brasil FM de Vitória da Conquista, sobre o funcionamento do Hospital de Campanha no município de Itapetinga..  

“Equipando toda uma unidade básica de saúde, FOI RECENTEMENTE INAUGURADA por nossa administraçãoFazendo toda rede embutida de oxigênio, de vácuo, de ar comprimido, mobiliário novo, respiradores e estamos aí com 22 leitos à disposição da população de Itapetinga para casos leves e intermediários de Coronavírus,” disse o prefeito.

A nossa reportagem esteve na manhã desta quinta-feira (25)  a convite do vereador Romildo Teixeira (PDT) que também é Presidente da Comissão de Saúde Câmara, e constatou que o local está fechado, e de acordo informação, nunca entrou um paciente no local, mesmo com tantos casos ‘leves e intermediário’ de Covid-19 no município. Apenas um segurança estava presente na área interna da unidade.

Ao indagar o segurança se existia a presença de médicos, enfermeiras e técnicos no local, o mesmo disse que NÃO. A reportagem também não visualizou no local a ambulância que foi adquirida pela prefeitura no valor de R$ 80 mil reais para transportar pacientes para o hospital.

Na porta do Hospital de Campanha que estava FECHADO, o blog Fala Livre registrou em vídeo a indignação do vereador Romildo e os questionamentos do Radialista Fred Reis. Acompanhe o vídeo:

De acordo o vereador Romildo Teixeira, essa é a terceira vez que ele comparece no local, e não encontra o equipamento que custou caro ao bolso do contribuinte aberta.

Lembrando que os casos confirmados da covid-19 pipocam na cidade, e o município já registra 174 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Se o Hospital de Campanha é só pra atender casos leves e intermediários, como disse o prefeito, porque à população continua sendo levada para UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e o HCR/FJS? 

Por Wagner Ribeiro

2 thoughts on “ITAPETINGA: MEIAS VERDADES E MEIAS MENTIRAS; COM TANTOS CASOS INTERMEDIÁRIOS DO CORONAVÍRUS, PREFEITO DISSE QUE HOSPITAL DE CAMPANHA ESTAVA À DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO PARA CASOS DA COVID-19, MAS UNIDADE AINDA SE ENCONTRA FECHADA”

  1. Vereador,a unidade de covid é porta fechada, não pode ir para lá pessoas com suspeitas de covid e nem acompanhante, por isso é a UPA que depois de avaliar o quadro do paciente é que faz a transferência para essa unidade. O paciente que usar a unidade é que está precisando de leito, ou seja pacientes que não estão em estado muito grave porém precisa de suporte de oxigênio, estado muito grave o paciente tem que ser transferido para Vitória da Conquista para UTI. A ambulância específica para atender e levar pessoas de covid para essa unidade não pode realmente ficar na unidade, uma vez que o paciente primeiro vai ser avaliado na UPA para caso precise seja transferido para unidade, então a ambulância precisa está na UPA a disposição para mais rápido atender, se ficar na unidade daí que sai a ambulância para ir à UPA para voltar para a unidade de covid com o paciente perde tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *